Transformação da Kombi

In MOCHILÃO by Leandro Knobloch20 Comments

Compramos a nossa Kombi ano 1986 modelo furgão por R$ 4.500,00, com a garantia do vendedor de que o motor era o que havia de bom. Ele não mentiu realmente o motor estava bom,  do resto problemas que um carro antigo sem manutenção apresenta, mecânica à parte é hora de começar a transformação da Kombi de um simples furgão para a casa da MB.

 

LATARIA E PINTURA: Resolvemos começar pela parte externa, a intenção era justamente a propaganda, começar a ganhar visualização com a nossa marca, quando compramos a Kombi ela já era fantasiada com pinturas de flores, trocamos as portas e um lanterneiro tratou de cobrir os buracos. Lata pronta entregamos a Kombi ao amigo Allan Aln, e ficou assim

*Os Custos com lanternagem e pintura variam de acordo com o estado do veículo, nós gastamos R$ 1.300,00

REVESTIMENTO INTERNO:  Isolamento Termo Acústico –>  Este foi o primeiro serviço que realizamos nessa etapa, para isso optamos por usar o isopor. O processo é bem simples e pode ser realizado em um único dia, usamos placas de duas espessuras, pois para realizar o acabamento em alguns locais é necessário a placa mais fina. A parte mais complicada é o teto do veículo devido ao grau de curvatura exige que a fixação seja bem feita, usando escoras ou mesmo segurando a placa por alguns minutos, há colas específicas para isopor, nós optamos por usar uma cola de fixa-móvel, deu certo, lembrando que após essa etapa a madeira que servirá de acabamento também irá “segurar” o isopor. Sobre o resultado, a evolução mais significativa desta etapa foi sem dúvida a diminuição do ruído (barulheira) do motor dentro do veículo, com o carro “oco” o som do motor é altíssimo, parece que ele esta sentado ao seu lado, esse problema ficou muito bem resolvido, com o veículo em ponto morto muitas vezes nos primeiros dias pensava que o carro havia “morrido”, afinal é uma Kombi e isso pode acontecer sempre…bem, voltando ao assunto, realizamos essa etapa em Janeiro, verão, Rio de Janeiro, mais de 40ºC diários, carro preto, ficou difícil de avaliar, houve sim uma melhora, mas continuou quente, com o passar dos meses e a diminuição da temperatura ela respondeu bem, mas em casos extremos não há isolamento suficiente, vamos testar no frio da Patagônia nesse inverno…

O Material que usamos para essa etapa foi:

12 Placas de Isopor 25mm –> R$ 4,70 = R$ 56,40
02 Placas de Isopor 15mm –> R$ 3,70 = R$ 7,40
03 Bisnagas de cola fixadora –> R$ 24,60 = R$ 73,80 (Sobrou quase uma inteira que usamos em outras etapas)
Total R$ 137,60.

 

 

Revestimento das Paredes, Teto e Assoalho –> Isolamento completo, chegou a hora de cobrir o isopor, para não perder espaço optamos por usar um material flexível, no caso placas de Eucatex 3mm. Para a fixação das chapas usamos rebites compatíveis com broca de furadeira 3,5mm. No assoalho usamos compensado naval de 15mm, a fixação foi feita com parafuso e apenas na parte que fica sobre o motor para que não “corresse” pra frente com as freadas, no chão se o corte for bem realizado não há necessidade de parafusos, com o compensado fizemos também a bancada-baú que servirá de base para o sofá cama.

O material usado foi:

02 Placas de compensado naval 15mm –> R$ 236,00
03 Placas de Eucatex 3mm –> R$ 174,00
Total R$ 410,00.

 

 

Acabamento do Revestimento –> Usamos papel de parede para finalizar o acabamento, mas não foi a melhor escolha, motivo, o papel de parede não adere na superfície laminada do Eucatex, não sabíamos disso é claro, achamos apenas uma estampa bacana e um baixo custo, mas…que trabalheira, no início pareceu ser a etapa mais fácil, em algumas horas as laterais já estavam colocadas, mas só por algumas horas, no outro dia quando iria começar o teto ao abrir a Kombi ví o estrago, o papel estava cheio de bolhas e completamento solto, entrei em contato com o fabricante pedindo uma orientação e a reposta que recebi foi que eu escolhesse outra forma de fazer o acabamento, que o papel de parede não iria servir para este caso…mas sou muito, muito teimoso, e comecei a minha odisseia, foram diversas tentativas sem sucesso até que finalmente consegui, a “técnica” que usei foi usar cola para madeira, aquela amarela bem fedorenta que a gente usava para fazer balonismo, entendedores entenderão, bem passei a tal cola direto nas laminas e em seguida colei jornal, alisei com uma espátula e deixei secar por dois dias, depois arranquei o jornal e fiz a colagem sobre a textura que ficou, a cola usada nesta última etapa foi a cola específica para papel de parede. Para não ser tudo tão difícil o assoalho foi uma barbada, apenas medi e cortei a grama sintética e colei por sobre o compensado, tranquilo…

Material e Custo:

2 rolos de papel de parede –> R$ 230,00
2m² de grama sintética –> R$ 128,00
Cola específica e cascola –> R$ 49,00
Espátula e pincel –> R$ 8,00
Trena e estilete.
Total: R$ 415,00

Bancadas –> Para construirmos uma bancada para o fogareiro e botijão e um armário para o frigobar usamos compensado naval para fazer a estrutura e eucatex para o acabamento. Feito as medidas necessárias realizamos os cortes e com o uso de cantoneiras e parafusos montamos as bancadas, simples mas funcional. Com cola de contato cobrimos o compensado usando o eucatex, dessa fez usamos material mais barato, o compensado modelo “virolinha” é igual ao outro, com a pequena diferença de não ter acabamento nos cortes, o que uma simples lixada manual resolve e custa quase 50% mais barato, a mesma diferença conseguimos ao trocar o eucatex branco pelo marrom.

O material usado foi:

01 Placas de compensado naval 15mm –> R$ 91,00
01 Placas de Eucatex 3mm –> R$ 36,00

20 Cantoneiras 3 furos e uma lata 200ml de cola de contato–> R$ 23,00

Total –> R$ 150,00

Extensor para cama e revestimento –> Nossa bancada fixa da cama possui 1,6 metros, usamos então a altura da cama 0,50 para completar os 2 metros, para isso compramos um par de cantoneiras retráteis. A instalação é fácil, basta fixa-la com o uso de parafusos sextavados. Usamos a sobra do compensado para fazermos o apoio da extensão, ficando assim com uma tamanho padrão. Para revestirmos o compensado usamos feltro com cola de contato, a ideia do feltro é para mais tarde quando colocarmos os colchões definitivos, estes serão móveis e para que não fiquem “correndo” colocaremos velcro no fundo.

Material e Custo:

1 Cantoneiras retráteis 40 cm –> R$ 61,00
2m² de feltro –> R$ 22,00

Total: R$ 83,00

Equipamentos e Iluminação: Para iluminar a Brazuka compramos 5 metros de fita led autoadesiva. Basta remover a fita dupla face e colar e ilumina pra caramba, dificilmente acendo todo o conjunto. Compramos um frigobar e também um fogareiro para equipar a casa, por enquanto estamos usando a rede do veículo, mas vamos criar uma rede independente para a geladeira e possíveis futuros aparelhos.

Equipamentos:

1 Frigobar 80L –> R$ 700,00
1 Fogareiro 2 bocas –> R$ 41,00
5 metros de fita led–> R$ 52,00

Total: R$ 793,00

Equipamentos externos: Para a parte de fora da Brazuka investimos em um toldo, um reservatório de água e um bagageiro, dessa vez fizemos apensa o reservatório os outros dois serviços compramos o material e a instalação foi terceirizada. O nosso toldo tem 2,5 metros de largura e 2 metros de extensão. Já o bagageiro possui a extensão total da Kombi, ele foi feito de metalon e pintado com Hamerite anti ferrugem, possui ainda na parte traseira um avanço de um metro que usamos com uma cortina para tomar banho. Para o reservatório de água usamos tubulação de PVC, canos de 100mm e conexões. Pintamos os canos de preto para termos água aquecida na tubulação.

Custo:

Toldo –> 440,00

Bagageiro –> 600,00

Reservatório 60 L de água:

8 metros de cano pvc 100mm
3 Joelhos
3 Tampões
3 luvas
1 T
1 torneira
Cola e abraçadeira
Pintamos de preto para usar aquecimento solar

Custo Reservatório : R$ 140,00

Jogo completo de Pneus –> 1.500,00

Total: R$ 2680,00

Por hora é isso pessoal, com ela já andamos mais de 6.000 km, nos divertimos pra caramba e gastamos ao nosso entender um valor razoavelmente baixo.

O custo total do veículo foi de R$ 10.468,00

 

 

 

Comments

  1. Joubert Pimenta

    Rapaz, meus parabéns pra você e todos os que estiveram e estão juntos nesta linda aventura. Admiro sua iniciativa e garra , grande abraço deste aqui!!!!!!!! Siga em frente, sempre!!!!

    1. Author
      Leandro Knobloch

      Obrigado meu amigo! Quando formos ao nordeste quero lhe conhecer, desde o início é nosso parceiro, grande abraço!

  2. Evelin

    Essa kombi ficou show, foi um belo trabalho! Boa sorte e muitos km pra vcs! Abraço.

  3. Rafael sky

    Top demais..
    Faltou soh as fotos do reservatório de água, pra ver como ele ficou. Logo logo irei montar uma pra Min. Vlw das dicas.

  4. euler diniz de almeida

    show, parabéns. magnífico! imagino a satisfação em fazer voce mesmo!

  5. Lara Chaves

    Achei o trabalha e a iniciativa muito legal. Amei a visita de vocês aqui em POA,Ilha Da Pintada.

    1. Author
      Leandro Knobloch

      Obrigado pelo carinho Lara! Nós também adoramos ter estado com vocês naquela tarde. Grande abraço!

    1. Author
      Leandro Knobloch

      Valeu Wesley! Vamos ter outros encontros pra trocar mais ideias. Grande abraço!

  6. Vitória Espíndola

    Quanta determinação! Parabéns tudo muito bacana e ficou da hora a kombi por um custo relativamente baixo. Adorei o projeto!

    1. Author
      Leandro Knobloch

      Valeu Vi, a determinação é natural quando nos dedicamos a algo que gostamos. Os custos ainda podem ser um pouco mais reduzidos, com mais tempo para pesquisar da pra encontrar materiais mais baratos, mas o que realmente baixa muito os custos é a execução, não precisando contratar mão de obra se faz uma economia de pelo menos 30%.

  7. Evelyn,Thiago e Diessica

    Ola! Somos Thiago, Diéssica e Evelyn, fazemos parte do Jovem Aprendiz do Turismo Ecológico/Ilha da Pintada que você veio visitar na sexta feira, nos inspirou a montar um trabalho sobre turismo nas ilhas que não são muito conhecidas por Porto Alegre e tem muito potencial. Achamos o seu trabalho muito interessante por que é uma forma de fazer turismo em lugares que não são muito conhecidos e de maneira responsável, além de mostrar que para viajar não precisa de dinheiro e sim de força de vontade e vemos também que sua família esta sempre ao seu lado. Sua força de vontade mostra que somos capazes de correr atras do que queremos.
    Obrigado pela sua visita esperamos outra ainda este ano antes que o curso acabe. (risos)

    1. Author
      Leandro Knobloch

      Obah, que boas notícias! Contem comigo pra participar, vou ficar muito contente se me derem essa oportunidade! E claro, vou voltar antes que o curso acabe, a professora prometeu fazer carreteiro, ahahah! Grande abraço galera!

  8. Douglas

    Muito show, deu até vontade de colocar em pratica o sonho de ter uma. Impossível não achar lindo esse projeto. Quem sabe num futuro próximo não estamos indo fazer essas trilhas juntos. Abração Leandro e parabéns mesmo.
    Obs: Sou o Biólogo da praça das carretas, casado com a bióloga , pai do Erick…kkk

    1. Author
      Leandro Knobloch

      Obah, valeu Erick! É um sonho bem fácil de se conquistar, eu acharia ótima a ideia de trilharmos juntos! Grande abraço!

Leave a Comment