Osório-RS: Berço da Mochilão Brasil

In MOCHILÃO by Leandro KnoblochLeave a Comment

OSÓRIO: A CIDADE QUE SE REINVENTOU

dsc_2434-1

    Não dava para fugir dele, o vento que sopra com força nessa região já afastou muita gente daqui, mas isso ficou pra trás, hoje turistas vem de diversas partes para vivenciar a natureza plena da região, subir até mirante com vista para o litoral, conhecer o parque de energia eólica, saborear a gastronomia local, praticar esportes radicais ou ainda sobrevoar a cidade observar a beleza local, seja bordo de planadores ou voo livre.

    A pouco mais de dez anos a cidade era apenas caminho para turistas que iam em direção as praias de Santa Catarina e do litoral norte gaúcho ou ponto de partida da BR 101 para caminhoneiros e viajantes que passam aos milhares todos os dias, mas uma década depois milhares continuam a passar, mas muitos resolvem dar ao menos uma “passadinha” e conhecer um pouco melhor a cidade, e não precisa nem chegar tão perto assim para já ir conhecendo três belos cartões postais da região, o parque eólico, a Lagoa dos Barros e o morro da Borússia, que podem ser vistos já da BR-290, ou Freeway como é conhecida pelos gaúchos, que é a principal ligação entre a capital e o litoral norte.

osorio-rs por-do-sol osorio-maior-complexo-lagunar-da-america-latina

TERRA, FOGO, ÁGUA E AR, EM UM DESSES ELEMENTOS A CIDADE VAI LHE CONQUISTAR

ÁGUA

Osório já foi conhecida como “Cidade das Lagoas”, a região concentra serra-do-maro maior complexo lagunar da América Latina, são 22 lagoas ao todo, em proporção ao número de habitantes é como imaginar a cidade de São Paulo com cerca de 2000 lagoas. Com tantas opções fica fácil você encontrar alguma com o seu estilo, aquela mais fotogênica, mais agitada(nem tão agitada assim), deserta, com opções de lazer ou para a prática de esportes.

As Lagoas do Marcelino e do Peixoto são as mais frequentadas, a primeira é a mais central da cidade e reúne todo tipo de público, do nascer do sol ao nascer da lua é comum encontrar alguém carregando uma cuia de chimarrão. No entorno da lagoa há pista de skate, trapiche, parque para crianças e serviços de aluguel de bicicletas. Na Lagoa do Peixoto há campo de futebol, bar, churrasqueiras públicas, trapiche para entrada de jet ski e pequenas embarcações. As duas são excelentes para a prática de canoagem e Stand up Padlle (SUP)

barcos-em-repouso _dsc1458  _dsc3086
Os praticantes de vela aquática preferem a Lagoa da Pinguela que apresenta condições ideais de vento, possui navegabilidade até as praias do litoral norte. A lagoa fica as margens da BR-101 e oferece ainda uma boa infraestrutura de lazer e camping. Outra opção para quem procura esportes náuticos é a Lagoa dos Barros que possui uma das melhores condições do Brasil para a prática do Kite-Surf em lagoas, o vento constante da região a proximidade com o litoral e a encosta do morro é o que faz desta lagoa um paraíso para os praticantes da modalidade, as melhores épocas do ano são entre a primavera e verão, que é quando o vento ganha intensidade e as temperaturas são mais agradáveis. Para quem quiser experimentar essas sensações pela primeira vez, há um clube que oferece aulas em todos os níveis e locação de equipamento para a prática do Kite-surf e do SUP.

Mas se você quiser encontrar sossego e um visual arrebatador uma boa opção é a Lagoa do Horácio, com suas arvores centenárias cobertas de barba-de-pau(espécie de parasita que cresce em locais onde a qualidade do ar é mais pura), águas rasas e calmas e com vista para o pôr-do-sol no morro da Borússia, é sem dúvida uma das mais bonitas da cidade. No local fica também um camping municipal, mas somente nos meses de verão há estrutura para receber turistas, com serviços de bar, banheiros, água e energia elétrica, nesses meses é cobrado uma pequena taxa (R$ 5,00 no último ano) por campista para pernoitar.

_DSC0400
Além das lagoas há belas cascatas no alto do morro, uma conhecida apenas como cascata da Borússia é a mais frequentada, a cerca de 3 km do centro da Borússia ela fica em um sítio particular que oferece algumas opções de lazer, churrasqueiras, banheiros, lancheria, é cobrada uma taxa que varia de R$ 10,00 a R$ 15,00 dependendo da época do ano. Outra cascata bem menos conhecida é a Nascente do Rio dos Sinos, que fica nos limites do município do Caraá, a pouco mais de 10 km, em um caminho por propriedades rurais agrícolas típicas da região, está nascente sem dúvida é uma das mais bonitas e talvez a mais importante do estado, para chegar ela é preciso fazer uma trilha de 2 km na mata.

E para encerrar as opções aquáticas a cidade tem também o mar da Praia de Atlântida Sul, que é distrito de Osório e fica a 22 km do centro da cidade. É uma típica praia gaúcha com pequenas dunas uma extensa faixa de areia e mar agitado na maior parte do ano. É frequentada principalmente por famílias.

praia-de-atlantida-sul

AR

Para quem sonha em voar Osório é um daqueles lugares que parecem fazer parte do cenário de algum filme ou pintura tamanha é a perfeição e harmonia do local.

São três as forma para quem quiser sobrevoar a cidade, asa-delta, parapente e planador. Se você quiser sentir o vento na cara o jeito e subir o morro da Borússia, o acesso até o alto do morro onde estão o mirante e uma das rampas de voo é todo pavimentado e pode ser feito a pé, de bike ou carro, difícil mesmo é ir direto ao topo, pois a cada metro que se sobe a vista fica cada vez mais espetacular, além do visual do horizonte a estrada é cheia de charme cercada de hortencias, que nos meses de verão deixam o caminho todo florido, nos meses de inverno o que chama a atenção são as rústicas casas de madeira com as suas chaminés esfumaçadas que lembram o clima da serra gaúcha.
Já no alto do morro, a vista fica ainda mais bonita, é possível ver as diversas lagoas do município, todo o parque eólico, as grandes dunas da praia das cabras, além de boa parte das praias do litoral norte gaúcho, bem, depois de contemplada a beleza, para quem quiser voar a hora é essa, quando as condições estão ideais praticantes de asa delta e parapente lotam as rapas e ares da cidade, o salto pode ser negociado diretamente com os praticantes no próprio local, escolhida a modalidade é só correr em direção ao abismo e sentir os seus pés se desprendendo do chão.

reboque-de-planador
A terceira opção para sobrevoar a cidade é a bordo de um avião planador, avião sem motor, que é rebocado por outro avião desde a subida até atingir determinada altitude, neste momento um dos pilotos aciona um comando que solta a corda rebocadora, deste ponto em diante o voo é completamente calmo e silencioso e pode durar o tempo que o piloto desejar, uma vez que não possui combustível, o que pode determinar o tempo de voo são os ventos e a habilidade do piloto. Essa experiência vai mudar para sempre o seu conceito de voar. Para curtir essa sensação os preços partem de R$ 150,00, e o ingresso pode ser adquirido diretamente no Aeroclube Albatroz que fica no bairro de mesmo nome.

TERRA
Se a sua for mesmo estar com os pés no chão, na cidade há boas opções de trilhas para se fazer a pé e de bicicleta. As principais ficam no morro da Borússia, e se destacam, a subida até o mirante, que pode ser feita caminhando em uma trilha ecológica pela mata, o início da trilha fica atrás da escola Rural, as margens da BR-101, outra opção é a trilha da nascente do Rio dos Sinos que também fica no morro da Borússia, mas já nos domínios do município do Caraá.
Para quem quiser pedalar no morro há várias opções com destaque para a travessia de 29 km entre Osório x Caraá, que é feita subindo e descendo o morro da Borússia. Para pedalar no plano, as opções que rumam a localidade do Palmital são as melhores escolhas, com caminhos dos 5 aos 50 km de percurso.

_dsc3085
Casa queira uma opção mais leve, a visita ao Parque Eólico que até 2014 era o maior das Américas com 150 aero geradores, com certeza pode render boas fotos.

 

FOGO

Quando se pensa em Rio Grande do Sul, frio, churrasco e chimarrão sempre vem à cabeça. E para experimentar um churrasco bem tradicional o melhor jeito é visitando o Rodeio Crioulo, que acontece anualmente no mês de maio, os costumes e a tradição ganham ainda mais força, a oferta de carnes é a mais variada, a principal atração é o churrasco feito em fogo de chão, quartos de boi e porcos inteiros são espetados, fincados na terra e assados lentamente por horas. Sentar-se em meio aos nativistas ou participar de rodas de chimarrão ouvindo “milongas” enquanto se saboreia a carne que é servida às tiras e acompanhada de farinha de mandioca com certeza nos faz entender um pouco mais a cultura desse povo de tradição e costumes tão peculiares.

Nos meses de inverno quando a temperatura chega próximo aos 0ºC, o fogo torna qualquer experiência por aqui mais agradável, muitas casas e pousadas possuem lareiras, que acompanhada de vinhos regionais facilmente ganham a nossa companhia por horas. Quando não se tem lareira tem fogão à lenha, onde é comum ver sobre a chapa o pinhão, muito apreciado nos meses de inverno, e claro, sobre a chapa, chaleira com água quente para o chimarrão.

Romantic dinner for two gaiteiro-gaucho-1 351f2c8a1ea260b00abb767a457c95e6

AGRADECIMENTO ESPECIAL AO MEU AMIGO E FOTÓGRAFO TIAGO TRESPACH.

Osório fica a 97 km Porto Alegre, sentido litoral norte.

São dois os principais acesso até a localidade partindo da capital do estado.

Pela BR-290 (freeway), auto pista com asfalto excelente, há dois pedágios no caminho no valor somado de R$ 21,00.

Outra alternativa é pela RS-030, o caminho se torna um pouco mais lento pois é feito em pista única. Não há cobrança de pedágio, e há a opção de conhecer outras cidades pelo caminho.

Para quem vier do sentido norte, o caminho é a BR-101 sul, a cidade fica no KM-001 da Rodovia.

Há opções de Camping,Hotéis e Pousadas na Região. Tanto no centro da cidade como também no entorno, próximo a lagoas e no Morro da Borússia.

Você dono de algum estabelecimento que queira deixar os seus dados conosco, favor entrar em contato.

– Salto de Asa Delta
– Salto de Parapente
– Voo de Planador
– Esportes Náuticos
– Trilhas
– Mountain Bike
– Cascatas
– Gastronomia

Leave a Comment